12 de mar de 2008

A saga do Bulgogi!

Gentem, lembram dum prato chamado Bulgogi que eu falei num post anterior??

Num jantar com o marido no East Restaurante, comemos este prato coreano super-ultra-arranca-pele-da-boca apimentado, mas não para uma pessoa como o Renato que taca tabasco na comida como a gente bota catchup no hot dog. Se você gosta de comida picante, vá fundo!

O filé é tão bom que depois deste jantar fui infernizada durante meses para repetí-lo em casa. Dureza mesmo foi encontrar o Kimuchi no moto!! Que é isso, minha gente?

No Mercadão descobri que Kimuchi (ou Kimchi) é uma conserva de acelga ou repolho bem condimentada. Testei a receita mas o resultado não foi como o esperado. Eu não sabia como usar o raio do Kimuchi ali no molho. Com os pedaços da conserva? Heim? Heim?

Eis que naquela mesma casa de produtos orientais eu encontro um potinho vermelho de Kimuchi no moto!! Pelo o que entendi do potinho no meu fluente japonês, é a base para a tal conserva.

Fui ao delírio e me aventurei de novo no Bulgogi! O Renato ficou tããããoooo feliz!!
A receita original peguei no site da Vejinha. Vou passar a minha:

  • 4 medalhões de filé mignon temperados à gosto
  • 2 colheres de sopa de shoyu
  • 2 colheres de sopa de saquê mirim
  • 2 colheres de sopa de água
  • 1 colher de café de Kimuchi no moto
  • 1 pitada de açúcar


Grelhe os filés. Misture todos os ingredientes do molho numa panela e leve ao fogo até ferver. E só! Viram como é fácil? Eu engrossei o molho com um pouco de farinha no final. Vá experimentando para checar a picância e acrescente shoyu, saquê e água em proporções iguais, sem esquecer do açúcar.
Este é mais um dos pratos que precisam do teu sexto sentido, muié! Mistura aqui, mistura ali e vai fundo! Eu já disse que confio em você, né?!

Para acompanhar, purê de mandioquinha com wasabi e legumes salteados no azeite com gengibre e alho.
Mais um pra descongestionar as vias respiratórias!

Pra matar a curiosidade de vocês, olha o danado aqui:



Como é bom agradar quem a gente ama, né? Ai... ai...

*Nota: pronuncia-se Bulgógui, e não Bulgôji como a panaca aqui falou no restaurante!

3 comentários:

Laurinha disse...

hot, hot, too hot!
No thanks! Tudo pro maridão, pls!
Pimenta - ou condimentado - só um tantinho, só p/ perfumar... preciso evoluir!
Beijinhos,

Fabrícia disse...

Esse está para mim....amo pimenta....
Bjcas.

Fabi disse...

Laurinha, dá para diminuir a picância, é só colocar um pouquinho de kimuchi e um pouco mais dos outros ingredientes que fica bem suave.

Fá, já você pode caprichar e tascar pimenta!!!

Beijos, meninas!!! Bom FDS!!!