22/04/2008

Picanha no sal grosso



Olá pessoal! Depois um feriado de descanso e algumas experiências na cozinha... Estou de volta!

Na sexta pedi ao marido para passar no mercado e comprar umas coisinhas que eu precisava. Ele me volta todo feliz e contente com, nada mais, nada menos do que... uma picanha!! Tudo a ver!
Estava em promoção e super linda, com 700 gramas! Realmente irresistível para um amante de carne como o Renato.
Precisava fazê-la neste FDS, porque não queria cometer o assassinato de congelar tão bela peça de carne. No domingo os amigos foram em casa e como não temos churrasqueira, recorri à boa e velha crosta de sal grosso.

É muiiiiito prático, minha gente: você mistura 3 kilos de sal grosso com 3 claras. Forra uma fôrma com pouco desta mistura, coloca a carne com a gordura pra cima (assim ela derrete por cima da carne), e joga o restante da mistura de sal grosso por cima. Leva ao forno a 180ºC por mais ou menos 1 hora, até que a crosta de sal grosso esteja dourada.

O que acontece é que esta mistura de sal e claras irá se juntar, formando uma placa de sal.
Retire do forno, dê umas batidinhas na crosta e você poderá tirar um bloco de sal revelando a carne! Retire a carne, limpe o excesso de sal grosso, fatie e... Boa sorte!!! É uma perdição. Acabamos com tudo em uns 10 minutos! Os amigos amaram e já estão para copiar!

Nas fotos dá pra sacar direitinho o esquema:

13 comentários:

BETO disse...

Oi Fabi, bom dia. Adorei o seu blog e já o adicionei à lista de links do meu blog. Será que você poderia olhar o meu blog (http://receitapassoapasso.blogspot.com) e ver se é possível adicionar um link direto no seu blog? Agradeço a sua atenção. Obrigado, Hamilton.

Luciana Macêdo disse...

Alguns dias atrás fiz esta carne (esta no blog) e realmente o sabor é especial. Vou repetir a experiência.
Bjs!

Fabi disse...

Oi Beto, muito obrigada! E já adicionei seu blog também. Beijos!

Lu, esta carne é incrível, né? Vou lá dar uma olhada na sua! Beijos!

Laurinha disse...

E como fica gostosa, né não! Macia, temperada no ponto, hummmmm, deu uma vontade...!
Beijinhos,

Fabrícia disse...

Essa carne é fantástica. Aprendi a fazer com meu tio...bom apetite.
Bjs.

Fabi disse...

Laurinha, fica muito gostosa! Super macia, desmanchando na boca! Beijos!

Fá, eu aprendi com o irmão do meu cunhado! Esses homens sabem mesmo preparar carnes, né?? Beijos!

Eliana Scaramal disse...

Humm que delícia!! Como por aqui os pequenos adoram essa carne, já anotei a receita, pois sei que vai ser sucesso. :)

Fabi disse...

Lica, depois me conta! Bjs!

Agdah disse...

Menina, fiquei tentada a experimentar, mas vou ter que aguardar os amigos, por que o marido não chega perto de carne vermelha.

Fabi disse...

Agdá, que prazer vc por aqui! Faça sim pois será sucesso com certeza!! Aqui em casa amamos carne vermelha!! Beijos e volte sempre.

Lara disse...

Nossa! Vou fazer certeza!

Luis F. Heckler disse...

Oi Fabi! Minha esposa - que também se chama Fabi - e eu, já tínhamos provado este prato e resolvemos prepará-lo hoje, quando encontramos tua receita. Fizemos algumas variações, e ficou ótimo:
- maminha ao invés de picanha, porque saiu a metade do preço; :-P
- cuidar para não deixar nadinha a mais de tempo, porque a maminha tem menos gordura e seca mais rápido;
- colocamos pedaços de alho em pequenos cortes na carne;
- polvilhamos um pouco de pimenta-do-reino verde, moida na hora, antes de colocá-la no sal;
- acompanhamos com batata sauté e salada verde (outro dia contamos a receita especial da salada).

Gratos pelo delicioso almoço neste domingo chuvoso em Porto Alegre. :-D

Fabi disse...

Oi Luis, adorei suas dicas! A Maminha deve ter ficado maravilhosa! Que belo almoço! Fico aguardando a receita da salada e beijos para a minha xará! Bjos!