14 de ago de 2008

Arroz de Pato, ó pá!



Mais uma receita do livro Carlota - Balaio de Sabores. Comprei o livro depois que fui ao restaurante e me apaixonei. Já falei de ambos aqui. Sem dúvida um dos melhores livros que comprei, com receitas possíveis, sabe? Simples, bem explicado e delicioso.

Um dos capítulos chama-se Portugal, com receitas deliciosas, inclusive daqueles doces que simplesmente amo!
Como eu tinha umas coxas e sobrecoxas que comprei certa vez no PDA, esta me pareceu a ocasião certa de usá-las! Foi muito simples e simplesmente DIVINO!

No livro, a receita pede 10 coxas de pato confit para 6 pessoas e 6 xícaras de arroz cozido. Aqui eu fiz 2 coxas (com as sobrecoxas) e 3 xícaras de arroz cozido. E não usei todo o molho, sobrou um pouquinho.

Ah, e não confitei as coxas, o que demanda algumas horas de fogão e eu estava cozinhando à noite! Quem quiser a receita do Confit, me passe um email e eu enviarei.
Temperei as coxas de pato com vinho, tomilho, pimenta e sal e deixei algumas horas na geladeira. Levei à panela de pressão com uma xícara de vinho tinto e cobri com caldo de galinha. Quando estavam bem cozidas eu desfiei.

Segue a receita do molho para o Arroz de Pato:

  • 50g de bacon em cubinhos
  • 1 cebola picada
  • 1 cenoura em cubos
  • 3 col de sopa de manteiga
  • 3 col de sopa de farinha de trigo
  • 2 col de sopa de alho poró picado
  • 1,5 litro de caldo de carne
  • 1 xícara de vinho tinto
  • 1 xícara de molho de soja
  • 4 galhos de tomilho fresco
  • sal e pimenta do reino moída na hora


Aqueça uma panela, derreta a manteiga e doure a cebola, o alho poró, o bacon e a cenoura em cubos. Junte a farinha e deixe cozinhar um pouco. Acrescente o vinho e o molho de soja à mistura, dissolvendo bem para não formar grumos. Junte o caldo de carne e o tomilho e cozinhe até reduzir um pouco, apenas para dar uma leve encorpada. Acerte o tempero.

Finalização

  • 3 xícaras de arroz pré-cozido "al dente"
  • 2 coxas e sobrecoxas de pato desfiadas grosseiramente
  • 1 col de sopa de manteiga
  • parmesão ralado
  • salsinha fresca picada


Leve umas 2 xícaras do molho de pato para ferver, junte o arroz e a carne e misture bem em fogo brando para terminar o cozimento do arroz.
Finalize misturando o parmesão, a manteiga e a salsinha, deixando bem cremoso. Se necessário, acrescente um pouco mais de molho. - Eu usei bastante molho.



*Nota: Confitar consiste em cozinhar muito lentamente um produto dentro de uma matéria gorda. No Pato Confit, as coxas são cozidas em banha de ganso ou porco e temperos durante cerca de 3 horas.
Eu ainda vou fazer isso... Ah, se vou!!

6 comentários:

mesa para 4 disse...

Quando vi Ó pá achei logo que estavas a falar comigo hehe não me enganei...gostei muito bj

Luciana Macêdo disse...

É muito bom quando abrimos um livro como este e achamos receitas que damos conta de preparar.
Gosto de fazer pratos únicos e este me parece delicioso.
Bjs!

Michelle Carnaúba (Cherry) disse...

Acho a mesma coisa do livro Balaio de Sabores! Sabe que o As Doceiras é assim também?! Tenho os dois e foram excelentes compras! Ainda não fiz esse arroz, mas parece maravilhoso!
Bjos

Eliana Scaramal disse...

Posso retirar um pouquinho?! Que maravilha!

Fabi disse...

Mesa pra 4, obrigada pela visita! Bjos!

Lu, este prato vale a pena mesmo! O livro também vale. Excelente! Bjos!

Michele, como sou mais dos pratos salgados, acabei nem comprando o outro livro. Mas não duvido que seja tão bom quanto este! Bjos!

Lica, obrigada! Sirva-se! Beijos!

luciana disse...

oi vc pode me dizer como faz o confit no pato,seu blog e o massimo parabens.