30/08/2010

Couscous



Ele é diferente daquele Cuzcuz brasileiro feito com flocos de milho, ovos, peixe e ingredientes diversos, que eu particularmente não sou muito chegada.
Esse Couscous escrito de forma "afrancesada" é o nome do ingrediente, uma farinha de sêmola de cereais, originária do norte da África, e também é o nome do prato, misturado com os legumes de sua preferência, servido como acompanhamento ou salada.

Eu gosto de fazê-lo como acompanhamento, quentinho, com carnes vermelhas ou brancas, peixes, ele combina com tudo!

Aqui no Brasil ele é vendido em caixinhas, pré-cozido, é só hidratá-lo com água ou caldo. Recomendo usar um caldo messssmo, não tablete... fica mais suave e saboroso. Em 5 minutos ele estará hidratado, aí é só acrescentar manteiga ou azeite, para que ele fique soltinho.

Eu misturei abobrinha e cenoura branqueadas (escaldadas rapidamente), cebola e tomate refogados no azeite (só pra murchar um poquinho), muito azeite honesto, sal e cebolinha.

Aqui em casa tenho sempre uma caixinha de Couscous na despensa!

2 comentários:

Vanessa Fernandes disse...

Já fiz este couscous "de verdade" na faculdade. Mas confesso q nunca cheguei a fazer em casa pois acho q deve ser difícil de encontrá-lo por aí... onde costuma comprar?
Fabi, vc tem termos técnicos na sua escrita q usávamos muito na faculdade de Gastronomia (e q td mundo em volta fica boiando, rs): vc já cursou alguma?
Hahaha! E o azeite honesto foi ótimo... rs!
Boa semana!!! bjokas
http://vanfern.blogspot.com/

Luciana Betenson disse...

Tá lindo o layout novo!!! Eu também tenho sempre na despensa um pacote de couscous. meus filhos amam, é rápido e varia o jantar já que eles se recusam a comer arroz e feijão a noite. Bjs :-)