4 de jun de 2009

Caldo Verde



Neste suuuuper frio que está por aqui, estamos indo de sopa todos os dias. Quentinhas e saborosas, estou sempre variando nas sopas e cremes. Vocês verão vários por aqui. Algumas levinhas, outras com mais "sustância" como este Caldo Verde. Eu não era muito chegada a Caldo Verde, até aprender este delicioso prato no Curso.

Acho que nunca comentei aqui que andei estudando Culinária neste último ano. Pois bem, agora que o Curso está acabando, resolvi falar. Valeu super a pena. Cada minuto e cada centavo. Aprimorei meus dotes e espero colocá-los em prática agora profissionalmente. Vamo que vamo!!

Mais pra frente falo mais sobre o curso. Sei que ainda tenho muito chão pela frente. Não basta apenas estudar. Preciso de experiências, e jájá sairei em busca delas.

Voltando ao Caldo Verde, neste super frio não pensei duas vezes antes de fazer uma das sopas preferidas do marido. E agora minha também.

  • 4 batatas médias picadas
  • 1 gomo grande de calabresa defumada
  • 1 cebola picada
  • 3 fatias de bacon picado
  • 1/2 maço de couve picada em tirinhas bem finas
Cozinhe as batatas junto com a calabresa (inteira e com a pele) até que fiquem bem macias. Reserve as batatas e a água do cozimento, retire a pele da calabresa e corte-a em fatias, reserve. Frite o bacon até que fique dourado, reserve. Não precisa de óleo pois o bacon solta bastante gordura. Nesta gordura, refogue a cebola até murchar e acrescente as batatas.

Bata esta mistura no liquidificador junto a água do cozimento. Lembre-se que não é um creme, e sim um caldo. Ele não deve ficar muito grosso. Volte este caldo para a panela, acrescente as rodelas de calabresa e o bacon refogado. Aqueça bem e adicione a couve quase na hora de servir. Não deixe a couve cozinhar muito para que não fique murcha e sem cor. Eu gosto dela mais "cocrante". Acerte o sal, regue com um bom azeite e tente comer apenas um prato!!

5 comentários:

Mari disse...

Minha linda, este caldo verde está um espetáculo de se ver.. e aposto que uma delícia de se comer todinho (eu AMO uma sopinha, e caldo verde é uma das minhas favoritas).
Não sabia q vc tinha feito o curso no Nicolau... putz, a escola dele é TUDO! Eu morro de vontade de fazer também, quem sabe um dia??
Bjo enorme,

Mari

risonha disse...

essa sopa tem um ar mesmo reconfortante... é a sopa preferida do meu marido.

Cris disse...

Parabéns Fabi pelo curso! Meu sonho é fazer um curso assim, quem sabe um dia. O caldo verde ficou lindo, amo! Bjs!

Fabi disse...

Mari, este caldo é realmente uma delícia! Quanto ao Nicolau, a escola é realmente ótima. Quando puder, faça sim! Beijos!

Risonha, reconfortante é a palavra certa! Os maridos adoram, né? Beijos!

Cris, obrigada! Realmente valeu super a pena! Bjão!

Ricardo disse...

Uma sopinha bem á Portuguesa linda e saborosa sempre que penso nela me faz lembrar ouvis fados ao vivo num club com as luzes semi apagadas um bom copo de vinho tinto e uma boa companhia ;) jinhos xx